DOCE SABOR



Chegas alegre e contente
Sem a tristeza a teu lado
Sinto-te bem perto de mim
Sinto o teu cheiro doce de mel
Vens à procura de amor de verdade
Apesar de arriscado
Bates à minha porta
Apesar da ansiedade contida
A procura do amor
É uma constante da vida
Abro a porta devagar
Nem acredito no que vejo
Voltares assim
Nem consigo acreditar
Entras na minha casa
Como se entrasses em mim
Sinto-te bem cá dentro
Saboreio o teu corpo e a tua pele
Como é bom voltar a sentir
Esse doce sabor a mel

Foto: Free - Marcio Freitas (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário