Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2014

As minhas pontes

Há no encanto das flores
Uma ponte de mim para mim
Uma garra geológica
Pouco lógica
Como se a poesia que escrevo
Viesse em monte
Em onda trágica
Tornar-me seu servo
E da ponte emergem dois fins
E dois princípios, e um meio
E um receio...

Xutos e Pontapés - De madrugada tu e eu

Luis Represas - Tomara

Há histórias fantásticas

Adormeci hoje a pensar que acordava daqui a uns anos
Num apeadeiro nas crateras da Lua
Onde das estrelas caíam palavras
Que faziam um texto de uma frase nua
Onde, no Mar da Tranquilidade
As pessoas perdiam a idade
Onde não se criavam raízes
E podiam ser eternamente felizes
Onde por entre naves espaciais
Voavam borboletas e flores magistrais
Pássaros Fénix imortais
E aí esperava por ti
Da tua carreira regular de Vénus
Com escala breve por aqui
Fato espacial branco cru
Por cima de um corpo nu
Olhaste e vieste a mim
Onde os semáforos espaciais eram folhas de plátano
Que só mudavam de cor nas estações siderais
Onde o tempo era imponderável
Mas o solo pouco arável
E por isso as flores cresciam no ar sem ar
E não podiam parar a idade
Nem a força da gravidade
Foste breve no olhar mas lenta no respirar
Rarefeito o ar e o teu escutar
Tinhas pressa do espaço e da sua arte
Das velocidades de anos-luz
Dos cruzamentos com Marte
De um voo espacial nocturno
Com passagem por Saturno
Pressa a amores s…

versos azuis (republicação com foto do João Carvalho)

Imagem
Escrevo hoje versos azuis
Enquanto choram os olhos
E cantam os dentes e os lábios
Escrever um verso azul
É mais que um momento de poesia
É meu
Suave, quieto e quente
Suor literário do sul

Foto: João Carvalho 

Tecer a vida (Republicação)

Imagem
Quando a nossa vida
É tecida no tear do tempo
Alvora a eternidade
E em laçadas de fios de prata
Um olho hábil
Constrói a nossa figura social
E nossos sonhos em cascata
Surgem tecidos em tom natural
Numa bitonalidade
Entre o amor e o ódio
Entre os tons cinzentos ou coloridos
De um breve episódio
Numa alegre ou triste remexida
Desse breve tempo
A que chamamos vida

* Foto: João Carvalho