Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2012

combinações (republicação)

havemos de falar um dia destes
da chuva muda que chove dos teus olhos
ou da neve que seca do teu vestido
os folhos
havemos de falar
de como este frio seca as lágrimas
havemos de combinar
apagar as lástimas
e fazer um esquema
que explique
onde entro eu na tua poesia
ou cabes tu no meu poema

a geografia da amizade

Imagem
Era alto, bem alto o teu promontório
E do alto te puseste a mirar
E atiraste pedras a quem passava
E partiste cabeças
E calaste bocas
E provocaste mágoas loucas
Quebraste com as pedras,
a pontaria e a agilidade
Alguns pedaços
Da geografia da tua amizade
E se com as tuas lágrimas pedes desculpa
Não peças
Que das feridas que carrego
É tua a culpa porque
Quebraste com as pedras,
a pontaria e a agilidade
E quebraste também
a geografia da tua amizade

voltas

Imagem
às vezes a vida dá tantas voltas
que acaba por ir dar
depois de tantas voltas
quase ao mesmo lugar
não exactamente o mesmo
porque o tempo mudou
e com ele também a vida