Flash VIII - Os tempos do tempo

Disserto hoje sobre Chronos, Kairos e Aeon.
A mitologia grega tinha três conceitos para o tempo. O tempo sequencial, cronológico ditador das coisas da terra e do seu crescimento e morte, personificado em Chronos.  O momento oportuno, a oportunidade, personificada em Kairos e o tempo da criatividade onde a medida não é ditatorialmente cronológica. 
É este último tempo, personificado em Aeon, um verdadeiro tempo sem tempo. É este o verdadeiro tempo dimensional da poesia.
Diríamos que este é o tempo da poesia, o tempo de Kairos o tempo do amor e o tempo de Chronos o tempo da vida?
Todos amamos durante a vida nem que seja apenas a própria vida.

E sobre esse tempo construímos poesia todos os dias com os nossos gestos, as nossas palavras ou os nossos sorrisos.
E esses gestos, palavras e sorrisos fazem-nos amar e ser amados.
E somos fruto do tempo e dos tempos do tempo.
Enviar um comentário