horário de jogo (letra de música)


O lume que acendes
É da cor dos teus olhos
Vou apagá-lo com um beijo


Depois
De escrever versos simpáticos
Puxo os galões de catedrático
E vou estudar-te…


Vou ler …
As tuas frases ao contrário
Decifrar o teu horário
E sonhar…
Vou ver …
O brilho 
Dos teus olhos nos meus
E os meus beijos chocarem com os teus


O lume que apago
É quase da cor do fogo
Escolhe tu as regras 
Deste jogo


Já não sei o que sentir
Nem escrever nem dizer
Escrevo versos no desejo
De apagar os teus com um beijo


Vou ler …
As tuas frases ao contrário
Decifrar o teu horário
E sonhar…
Vou ver …
O brilho 
Dos teus olhos nos meus
E os meus beijos chocarem com os teus

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal