Coincidência de mim

Foto: Raul Cordeiro


Tenho cara de vivo
Inundada nas minhas lágrimas
E nos meus sorrisos
No vazio de uma boca sem dentes
Aboli todas as mentiras
Mesmo aquelas com que me mentes
Ou os teus sorrisos indecisos
Percebi…
Sou uma coincidência
Ser eu próprio
E escrever a vertigem e a claridade
De mim
Sou afinal uma grande sombra
Que faço ao Sol
Um espaço, uma rua
Um grito
Sou apenas
Pela vida
Aflito
Enviar um comentário