prega-me um susto

Foto: Raul Cordeiro (olhares.aeiou.pt)


prega-me um susto
que eu gosto
de não me fartar das coisas
que são reais
que eu com tão pouca
ao meu barco
no meu cais
não trago a sorte
nem a vida
nem a morte