A minha energia

Foto: Raul Cordeiro (olhares.aeiou.pt)


A minha energia vem do brilho
De um olhar perfumado
Dissolve-se na espera
Não se sente ou explica
Vem e vai
Um dia fica

Mensagens populares deste blogue

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

POEMA DE INDECISÃO

Natal