Faíscas


Foto: Raul Cordeiro

Este fogacho de pensamento
A que chamo temporária loucura
É, no meu espelho
Faísca de um pequeno talento
Não me faz mais triste
Nem me leva à brandura
Ou a ser feliz
Apenas vira mais forte e autêntico
O que este poema diz

Mensagens populares deste blogue

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

POEMA DE INDECISÃO

Natal