Poemas Curtinhos (II)

Foto: Raul Cordeiro (olhares.aeiou.pt)
Olha à tua volta e espera
Espera que amadureça a poesia
E dela se desprenda o verso
Em alegre coreografia

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal