Aprendiz

Hoje é um dia qualquer de uma semana qualquer

Há rectas e curvas nos horizontes que me contornam

E riscas brancas nas estradas que me adoram

Existe em mim uma aura de piloto do tempo

De dono da estrada e no entanto choro feliz

O passatempo de chorar

E ser ainda da vida um aprendiz

E de mim próprio fraco juíz

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal