Era festa ( Ao Dia Mundial da Poesia 2010)

Era festa e era o teu dia
E choravas tinta da pena do poeta
E eras poesia
Sagaz e crítica
Bela e discreta
E eras luz nos olhos do triste
E tristeza nos olhos do poeta
Era festa e era o teu dia
E na vida de todos te diluiste
Eras poesia
E assim ficaste
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal