árvores

Se eu for contigo agora
Esta árvore que é meu encosto
Murcha e chora
Se eu ficar aqui agora
Esta árvore que é meu encosto
Murcha e chora
Se eu chorar e murchar
Por não ir contigo agora
Se eu chorar e murchar
Por não ficar aqui
Murcho e choro
De viver só, sem ti
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

POEMA DE INDECISÃO

Natal