Curtas de Verão (IX): O livro

Um dia quando for grande
Vou escrever um livro
Que não seja só assim
Mas onde possam brotar mais poemas
Para além de mim
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal