A MINHA PEQUENA POESIA (Dia Mundial da Poesia, 2009)


É caldo o ar que sinto
Não minto
Sou apenas um defeito
Uma gota no teu conceito
É poesia o que vendo
E um verso o que estou lendo
É defeito dos olhos
Ver aqui um poeta
Se nem uma lança
Pode fazer mais que uma seta
São só palavras com vida
Mas vida de quem as lê
É erro ver aqui
O que nem o poeta vê
É de todos este canto do meu caderno
Rabiscos e palavras
Palavras e riscos
Um delírio são eterno
Uma poesia pequena
De um poeta pequeno
Cuidador de palavras
Ressuscitador
De um poema sereno

Foto: poesia no muro - Lucia Caribé (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário