EM VEZ DE NEVE FLORES DE ANIS


é hoje que nada fica como dantes
que fico ás voltas nos caminhos
dando-lhes um norte e um espaço
para que caminhem sozinhos

é hoje que ofereço às nuvens alguns corantes
que pintem de azul os olhos cinzentos
e façam cair em vez de neve flores de anis
é hoje que faço as loucuras e colho os instantes
que te canso de comtemplação
que te faço aumentar a suspiração

é hoje que nada fica como dantes
é hoje que faço de conta
que me embala uma música leve 
tocada pelas ondas do mar
é hoje que a posso escutar ao luar
que me assalta a loucura e a razão
e lutam com as minhas lágrimas
rolando pelo chão

é hoje que não se apagam as estrelas
é hoje ainda que espero acordar de noite para vê-las
será hoje que mesmo por breves instantes
nada fica como dantes
Foto: *** - Pretty (www.photodom.com)

1 comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

POEMA DE INDECISÃO

Natal