OUTROS LADOS DOS RIOS

Abandonei-me do outro lado do meu rio
Fiz figas que não fosse verdade
Pedi que fosse apenas um beijo
Pedi que fosse delírio de desejo
Não vi partir o barco
Nem cheguei a por a flecha no arco
Fiz-me forte ou fraco
Transparente ou opaco
Deixei feliz as velas ao vento
Livres à espera do momento
À espera do toque
Do misterioso retoque
Que um dia ao alvorar
As leve de volta ao mar


Enviar um comentário