O NASCIMENTO DE UM LIVRO


Pudera eu resgatar deste poema duas ou três letras
E com formaria uma palavra com elas

Uma palavras simples

Da cor da espada do aguço de quem lê

Uma palavra simples

Da cor dos olhos de quem vê

E das letras nasceriam palavras

E das palavras histórias

De folhas brancas derrotas

Da cor das palavras vitórias

E das vitórias gritos e honras

Pela multidão de letras cativo

De duas ou três letras

E uma palavra simples

Nasceria um livro
Foto: Livro - Vitor M. Bastos (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

POEMA DE INDECISÃO

Natal