SIGNIFICADOS DECIFRADOS


Sonhei-te tanto que me cansei de te lembrar
Vivi-te tanto que me cansei de morrer
Olhei-te tanto que me cansei de cegar
Saboreei tanto que me cansei de lamber
Li-te tanto que decorei o teu nome
Decifrei todos os teus significados
Saciaste sozinha a minha fome
Iludiste os meus predicados
Hoje, são, em sonhos esforçados
Tristes as minhas memórias
Alucinantes as minhas histórias
Sem sentimentos banais
Mas apenas carnais
As minhas memórias

Foto: glass of wine - simao pereira de magalhaes (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal