VIDA DE ATADURA


Faz tudo como quiseres
Mas,...
Desce os degraus da fantasia
Desliza vão acima pelo varão da agonia
Desperta a loucura
Desbrava a carnadura
E,...
Ensaia comigo os passos da magia
É que essa vida de atadura
De maldita bezedura
De novas e chatas preces
Está a deixar-me louco
E,...
Até o dia me sabe a pouco

Foto: Preso em ti... - Rui Pedro Queirós (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal