DELÍRIOS CURTOS (VIII)


Cavalgo lentamente nas tuas nuvens
Protejo-te com meu corpo quando te sentes nua
Olhando juntos Júpiter e Marte
Sentados no colo doce da Lua

Foto: Deusa Neptuno - António Carreteiro (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal