TEU DOCE DESCANSAR



Tudo o que sei de certa estrela

É que ela agita o meu céu como um remoinho

Voa e trespassa o meu coração

Faz minha alma sair do ninho

Leve no seu firme firmamento

Paira como um pássaro no ar

Faz das nuvens o seu caminho

Procura em terra o seu alimento

E na procura incessante de um prazer terreno

Espero por ela cadente ao luar

Minha estrela de alva em queda

Será meu peito tua alameda

E meu sorriso

Teu doce descansar

Foto: Fim do dia - Marcio Farias (olhares.aeiou.pt)

Enviar um comentário