MEUS OLHARES SÃO TEUS


Logo os meus olhos se queimaram
Pelo brilho da chama dos teus
Minhas lágrimas secaram
E nos olhares com que te fitaram
Aos teus olhares chamaram meus
São meus os teus olhos
Como são meus os teus
Nossa troca de olhares
Comandada pelos teus
É culpa única e só
Da forma e do brilho
Com que os teus fitam os meus.

Foto: string intrigue 2 - m(n)m - (olhares.aeiou.pt)
1 comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

POEMA DE INDECISÃO

Natal