PELO OCEANO


Voamos pelo oceano, eu e tu
Entre sombras e céus cor de romã
Se esperares por mim à tua porta
Chegarei a ti amanhã
Chegarei…
Com os ventos que se dissolvem nos sons do mar
E a voz da brisa a rufar
No colo do vento Norte
No escárnio da espuma do mar
O punho pesado de sonhos
Abrir-se-á para ti como uma pérola
Brilhante, luzente
E navegaremos juntos na minha gôndola.

Foto: Cabo Mágico - Joel Santos (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal