NA TERRA DO SONO


Uma vez tive um sonho
Solitário num mar medonho
Mil visões me assombraram
Sossegaram-me os pássaros que cantaram
Iluminaram-me as estrelas que brilharam
Tranquilizaram-me as correntes que fluíram
Naquela mágica terra do sono.

Foto: . - João Ferreira (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

POEMA DE INDECISÃO

Natal