DESTINO EM TI



Mãos frias
Toque sensível
Memórias, fantasias
Falta de ti
Sorriso roubado
Coração falante
Demasiado tempo
Passado adiante
Lágrimas contidas
Entre desgostos
Passagem de tempo
Jogo sem tino
Livro aberto
Nos teus olhos
O destino

Foto: Dary - Marcio Freitas (olhares.aeiou.pt)

2 comentários

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal