ACREDITO EM TI... NÃO ACREDITO NO AMOR



Acredito no sorriso e na lágrima
Na alegria e na tristeza
Acredito na primeira e na última
Na feiura e na beleza
Acredito na semente e na árvore
Em que ri e quem chora
Acredito no nascer e pôr-do-sol
Na pressa e na demora
No doce cantar do rouxinol
Acredito nas nuvens e nos pingos de chuva
No néctar do vinho e na uva
Acredito na Lua e nas galáxias de estrelas
Em verdades e balelas
Acredito em lutas e esperanças
Em esquecimentos e lembranças
Acredito em desejos e anjos
Na vida e na dor
Acredito em ti…
Não acredito no amor…

Foto: Páginas do tempo... - Hugo Tinoco (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal