MALDITA POESIA

Maldita poesia!!!
Que passo os dias a ditar para mim
A minha escrita parece que mente
Palavras vãs no ar de Inverno
Que num poema doce e terno
Ninguém ouve nem sente
Maldita poesia!!!
Que se perde nas nuvens
Ninguém te sente como eu
Escrevo-te para me libertar
Na esperança que um dia serei teu
Maldita poesia!!!
Deixo nesta folha a brilhar
Pois quem vier pode ler
O amor e o ódio que te tenho
E uma paixão por viver
Maldita poesia!!!
Enviar um comentário