SEI QUE SABES



Sabes que te adoro
Mesmo não estando por perto
Vivo a vida a pensar em ti
Vivo um futuro incerto
Mas sabes que é por ti que choro

Sabes que te amo
Mesmo quando não estou mim
Vivo uma pura ilusão
Mas tu sabes que sim
Que é por ti que eu chamo

Sabes que te odeio
Sinto-me fora de mim
Vivo uma desilusão
Uma loucura sem fim
Mas é por ti que anseio

Sabes que te quero
Apesar de tudo o que fizeste
Contigo no pensamento
O meu amor acolheste
Eu sempre por ti espero

Foto: s/título - Nuno Estrela (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal