NOITE E DIA DE AMOR



Que noite bela vivemos os dois
Em que te senti deveras
No centro do meu ser
Como se tivesse poder
Viveria vezes sem conta
Qual loucura sadia
Esse momento louco
Tu és tudo o que eu queria
Viveste como eu aquele calor
Deixas-te levar por mim
Os dois assim abraçados
Queríamos uma noite sem fim
Sem fôlego ficámos os dois
E adormecemos lentamente
Apenas aparentemente
Ficámos a pensar
O quanto é bom amar
Agora a amanhecer
O Sol vai alto e brilhante
Começa a arder na pele
E quase hesitante
Entra de rompante
Pelas frestas da janela
E mostra-me com nitidez
O quanto és bela
E te desejo mais uma vez
Que belo dia vivemos os dois…

Foto: Diz-me.Diz-me outra vez o teu nome - Mariah (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário