OLHARES INDISCRETOS





Olho para ti
Vejo-me nos teus olhos
Estás linda nas tardes
De todos os dias
Em que te conheci

Olhas para mim
Sorrio para ti
Como se o mundo coubesse
Bem apertadinho
Todo dentro de mim

Olhamos para nós
Num espelho mágico
E vemos o futuro já
Bem alegre e feliz
A chamar por nós
Foto: s/título - Cristye (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

POEMA DE INDECISÃO

Natal