OLHANDO




Olhando à minha volta
O meu olhar alcança-te
Vens a sorrir e a dançar
Como se para ti a vida
Fosse mais que caminhar
Um caminho com sentido
Feito de norte e de sul
Seja como for o caminho
Faz-se à luz de um céu azul
Azul, amarelo, verde…
De todas as cores que quiseres
Vais por esse caminho
Fazes aquilo que queres
Há vários caminhos na vida
Nem sempre escolhemos bem
Não escolhemos o caminho
Apenas escolhemos com quem
Foto: s/título - Geoffroy Demarquet
1 comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal