AO SOM DO MAR




Ao som do mar me enlevo
Me deixo levar pelas ondas
Não vejo ao longe quem és
Não te consigo distinguir
Por entre o borbulhar das marés

Por entre ondas e salpicos
De sabor fugaz e salgado
Enrolo-me no mar atroz
Estou a perder a praia
Oiço ao longe a tua voz

De volta à praia deserta
Nos teus braços aninhado
Sinto que voltei à vida
Salta-me apenas um desejo
Ter-te sempre a meu lado
Foto: Fly! - Pedro Moreira (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário