SIM E NÃO



Não te sinto perto de mim
Mesmo quando dizes sim
Ver-te assim tão longe
Esperar por ti em vão
Só me faz ouvir que não
Assim tão longe e tão perto
É ainda mais angustiante
É uma dor dilacerante
Esperar por ti em vão
Deixa-me ouvir um sim
Quando eu esperar um não
Foto: Sugestões de Títulos - Hugo Tinoco (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal