DEIXA…






Não penses mais nisso
Acho que não valho a pena
Aquilo que aqui escrevo
Embora deveras sentido
É uma coisa tão pequena
Não penses mais nisso
Chego tarde, bem sei
Se me perguntares agora
Também não sei onde andei
Andei por aí à procura
De alguém a quem amar mais
Mas quando finalmente encontro
Parece que é tarde demais.
Foto: s/título - grENDel (olhares.aeiou.pt)
Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

POEMA DE INDECISÃO

ESPERA MENINA, PELO BARULHO DOS GUIZOS

Natal